Mister Inzaghi

Mitologia no Esporte

Um dos exemplos de mitologia por trás do atleta está relacionado ao atual treinador do Milan, o ex-jogador Filippo Inzaghi. Atacante, Inzaghi chegou ao Milan em 2001 após cinco anos no Juventus, de Turim, e permaneceu no Milan até o fim de sua carreira em 2012. No clube, o jogador teve os melhores momentos de sua carreira. Vestindo as cores do clube rossonero, conquistou importantes títulos e gravou seu nome na história do clube.

No dia em que estava sendo anunciado como novo treinador do Milan, em 10 de junho de 2014, o Milan publicou, por meio de sua conta oficial no Instagram, uma imagem divulgando a coletiva de imprensa ao vivo do treinador no novo Centro de Treinamento da equipe, a Casa Milan.

Confira a imagem abaixo:

Conjunto de elementos constrói o mito sobre a imagem de Filippo Inzaghi

Conjunto de elementos constrói o mito sobre a imagem de Filippo Inzaghi

A postagem feita pelo clube chama atenção por alguns fatores, associa totalmente a imagem vencedora de Inzaghi como jogador com o futuro desejado pelos torcedores da equipe. Sua foto tem expressão séria já com o terno oficial da equipe. Ao lado da foto encontra-se desenhos dos troféus conquistados por Inzaghi ao longo de sua carreira como atacante milanista. A frase abaixo dos desenhos de troféus reforça o significado deles e diz ‘The show must go on’, em português, ‘O espetáculo tem que continuar’.

Também está presente a hashtag #MisterInzaghi. Ao fundo da montagem é possível ver a foto de Inzaghi ainda na época de jogador no momento de vibração dentro de campo. Apesar de estar de braços cruzados, a foto de Inzaghi deixa a impressão segura e de ser o alicerce da equipe.

Esse conjunto de elementos constrói o mito Filippo Inzaghi. Relembra as emoções e forte vínculo criado entre os torcedores do clube quando olham para o atleta. A imagem vencedora transmite segurança e motivação para que os adeptos continuem acreditando na equipe e torcendo com cada vez mais emoção pelo clube.

Nos comentários da imagem os torcedores validam sua admiração pelo ex-atacante e atual treinador.

Anúncios

Pelo clube e país

Antes do início do mundial 2014, o Los Angeles Galaxy investiu em postagens de seu principal jogador na Seleção dos Estados Unidos, o zagueiro Omar Gonzalez. Uma das postagens feitas pelo time no Google + chamou atenção.

Confira a imagem abaixo:

Omar Gonzalez defendeu a seleção americana na Copa 2014

Omar Gonzalez defendeu a seleção americana na Copa 2014

O defensor americano Omar Gonzalez é representado por um desenho no qual seu personagem veste uniforme com metade sendo da Seleção Americana de Futebol e outra metade do Los Angeles Galaxy.

Além de muito vibrante, o desenho também é composto de um muro simbolizando a dificuldade de os atacantes adversários passarem por ele.

Para completar, na parte inferior da imagem está a frase “For Club & Country”, que traduzida para o português significa ‘Pelo time e pelo país’.

Mais uma equipe aproveitou o gancho da Copa do Mundo para deixar sua página atualizada, fazer ligação e valorizar sua própria marca.

Milan no Tencent

Que o Milan é uma marca global não resta dúvidas. O clube italiano é um dos mais vitoriosos da Europa tenta avançar em outros mercados para expandir sua marca. Seu site oficial está traduzido em oito línguas diferentes, entre elas as asiáticas (árabe, japonês e mandarim).

Esse investimento está totalmente vinculado com o crescente dos países asiáticos nos últimos anos. China, Índia e Oriente Médio atraem os olhares de empresas de vários segmentos. Os clubes esportivos também enxergaram esse potencial e estão cada vez mais indo até a Ásia excursionar e ganhar novos fãs.

Jogadores convidam chineses a seguirem página do Milan no Tencent.

Jogadores convidam chineses a seguirem página do Milan no Tencent.

Uma das ações feitas pelo Milan foi criar um perfil oficial do clube na principal rede mais popular da China. O clube gravou vídeo com os jogadores de seu elenco convidando os chineses para seguirem a página no Tencent. A parte curiosa é que todos os jogadores procuraram fazer o convite aos torcedores falando mandarim (chinês), idioma oficial do país asiático.

Os resultados são enormes. Em pouco mais de dois anos da entrada na mídia social chinesa, o clube de Milão acumula cerca de 2 milhões de fãs.

Veja o vídeo:

O Milan utilizou duas mídias diferentes para divulgar outra. O vídeo foi publicado inicialmente no Youtube e compartilhado no Google +, mas falando sobre o Tencent.

Volta Mena

Os primeiros exemplos deste blog serão as peças já mostradas no TCC “A Mitologia das Marcas Esportivas: Análise da Presença no Ambiente Digital”.

A primeira delas é sobre postagem feita pelo Santos Futebol Clube antes do jogo entre Brasil x Chile pela Copa do Mundo 2014.

Confira a imagem:

Santos torce para que Mena retorne logo quando jogador enfrenta o Brasil

Santos torce para que Mena retorne logo quando jogador enfrenta o Brasil

O Santos publicou foto no Twitter da camisa número 3 do Santos, usada pelo chileno Eugenio Mena, demonstrando saudades de o defensor estar com o Santos e a hashtag ‘#VoltaMena’.

Na postagem, o Santos implicitamente torcia pela vitória da seleção brasileira, que conseqüentemente, eliminava os chilenos e, assim, faria com que o lateral retornasse mais cedo ao Santos, e a equipe brasileira avançasse na Copa do Mundo.

Na imagem outro fato peculiar chama atenção e nos leva a semiótica. A impressão que se passa é que o jogador está se afastando de quem observa a imagem. Sendo assim, a foto casa com o texto da postagem: ‘#VoltaMena’ e dá um sentido maior para a peça.

Em momento algum, a imagem deixa claro se a foto é realmente de Mena. O contexto da postagem com os símbolos inseridos nele faz com que as pessoas entendam que se trata deste jogador.

Ou seja, o Santos conseguiu fazer uma postagem sobre o Jogo entre Brasil e Chile (oitavas de final da Copa do Mundo 2014) usando uma imagem que não tem nada a ver com a partida, mas que faz todo o sentido.